Veja algumas dicas para encarar as altas temperaturas

Veja algumas dicas para encarar as altas temperaturas

Estamos no auge do verão e esta época exige cuidados redobrados. Isso porque a alta incidência dos raios solares pode causar sérios danos. Confira as dicas de saúde e saiba que cuidados você deve tomar com o seu corpo durante a estação mais quente do ano. Em tempos de calor intenso, com sensação térmica ultrapassando os 40°C, todo cuidado é pouco para evitar doenças típicas do verão. Os especialistas recomendam beber água, evitar exposição ao sol no período entre 10h e 16h e sempre usar de protetor solar.O maior perigo na temporada de verão, além do excesso do sol, é a desidratação.

O68Z3N0222

Veja algumas dicas para encarar as altas temperaturas

– Não esqueça de beber bastante água, pois a desidratação pode ocasionar vômitos e diarréias, fazendo assim que a desindratação piore. A água de coco pode ser uma excelente opção neste período de calor. Com baixo valor calórico (19 calorias/100mL), a bebida pode ser utilizada como substituto da água, para saciar a sede, e também para repor eletrólitos como sódio e potássio em casos de desidratação ou durante atividade física intensa. A água de coco tem uma composição nutricional semelhante ao soro fisiológico, por isso hidrata o organismo de forma rápida, podendo ser utilizada para repor perdas de minerais no caso de vômitos e diarréias. Hipertensos e diabéticos não podem exagerar, pois em excesso a água de coco fornece muito sódio e glicose. Para se ter uma ideia, 100ml contém 105mg de sódio.

OANV1L0222

– Durante o verão, é comum as temperaturas elevadas provocarem uma inibição da fome, ao contrário do inverno que aumenta o nosso apetite. Este efeito inibidor da fome, induzido pelo calor, pode agir negativamente se ficamos em jejum. Por isso, a melhor forma de contornar este problema é consumir alimentos de fácil digestão, como saladas, frutas, legumes, carnes magras, tomando cuidado com os petiscos e sobremesas, geralmente muito calóricos e de difícil digestão. Alimente-se de forma mais natural possível. Um boa sugestão para dias quentes seria: um prato com arroz, feijão, carne, frango ou peixe e uma salada. Muito cuidado ao escolher as comidas servidas na rua, que estão expostas por muito tempo e evite também comidas com cremes, como as saladas de maiosene, por exemplo ou então, procure levar o lanche de casa, pois dificilmente você encontrará alimentos saudáveis sendo vendidos nesses locais. Geralmente os bares de praias e clubes oferecem comida muito gordurosa, com pouco valor nutritivo. Os exemplos são muitos: pastéis, porções de peixes, camarão e batatinha fritos em óleo usado por várias vezes, salgadinhos dos mais variados tipos, entre outros.

– Cuidado com o excesso de álcool, especialmente no verão, devemos ficar atentos às bebidas alcoólicas que geralmente são consumidas com maior frequência, como a cerveja e a caipirinha. Além de conterem calorias extras, quando ingeridas em grandes quantidades, estas bebidas podem levar à desidratação pois o álcool “retira” a água das células, agindo como um diurético, ou seja, estimulando a formação de urina com consequente perda de água pelo organismo.

– Para quem não tem hábito de fazer exercícios e pretende mudar de vida neste começo de ano, o cardiologista Serafim Borges recomenda que o interessado comece o projeto de vida saudável ao ar livre, logo nas primeiras horas da manhã ou no fim da tarde.

– Passar protetor solar 15 minutos antes de sair de casa e repassar de 2 em 2 horas, principalmente se for à praia;

– Usar chapéu ou boné quando estiver ao sol, mesmo ao caminhar na rua normalmente e usar roupas leves e claras que absorvam menos o calor;

– Outros pontos a serem considerados:

Os cuidados devem ser redobrados nas crianças pequenas e nos idosos, uma vez que o controle corporal da temperatura é menos eficiente.
Os idosos tem um reflexo diminuído de sede, o que pode predispor a desidratação subclínica, que ocorre quando não existem sintomas muito evidentes.

Um bom controle de hidratação corporal pode ser feito pela cor da urina: urina clara é sinal de boa hidratação, enquanto a urina amarelada ou escura é sinal de falta urgente de líquidos no corpo.

Com esses cuidados, você poderá curtir o verão muito mais saudável!

Fonte: vivomaissaudavel.com.br/

1 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *