Para fazer em casa: Alfajor

Para fazer em casa: Alfajor

Essa delícia de doce que teve origem na Espanha, mas também é muito famoso no Uruguai e Chile, mas principalmente na Argentina e que seu nome na língua árabe significa recheado, deixa muitos apaixonados espalhados pelo mundo inteiro. Muito popular na Argentina, o doce é considerado um ícone da cultura do país, onde são consumidos seis milhões de alfajores todos os dias de mais de uma centena de marcas. A mais famosa delas, Havanna, data de 1948 e possui mais de cento e oitenta lojas no país.

Tradicionalmente é um doce de 2 ou 3 camadas de um bolo a base de mel, recheado com doce de leite e coberto com chocolate. Hoje existem inúmeras versões, desde as mais tradicionais aos mais exóticos sabores.

No Brasil existem duas vertentes deste doce: o feito com a receita original é conhecido como “Bem-Casado”. Feito tradicionalmente para casamentos. O feito com uma receita diferente (dois biscoitos, redondos ou retangulares de maisena, recheios variados e cobertura de chocolate com confete, granulado, etc.) é o “Alfajor Brasileiro”.

Fonte: Wikipedia

Alfajor (Receita Argentina)

alfajor-receita-argentina

Ingredientes:
200g Manteiga sem sal (em temperatura ambiente)
200g Açúcar impalpável
03 ovos inteiros
02 gemas
01 colher de sopa de essência de baunilha
01 colher de sopa de raspas de casca de limão (opcional)
01 colher de sopa rasa de canela em pó
200g de farinha de trigo
400g de amido de milho
01 colher de sopa de fermento em pó

Recheio:
Doce de leite de consistência firme

Cobertura:
800g de chocolate meio amargo fracionado ou outro de sua preferência.

Preparo:
Misturar a manteiga e o açúcar, depois as gemas, a essência, e os ovos um a um.
Então, misturar os ingredientes secos, amassar até formar uma massa lisa e homogênea.

****Pulo do Gato****
Deixar a massa descansar por 2 horas na geladeira envolta em plástico filme.

Abrir a massa com o rolo e fazer as bolachas com o aro de 6cm de diâmetro, forrar a assadeira com papel manteiga, assar a 180º por 12 minutos.
OBS: A bolacha do alfajor não precisa ” ficar corada” ela é clarinha mesmo.

***Não troque a manteiga por margarina, pois a textura vai mudar****

Depois que as bolachas esfriarem, já podem ser recheadas e cobertas com chocolate.
* Validade: 30 dias

Fonte: receitatodahora.com.br

1 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *