Alho e seus benefícios

Alho e seus benefícios

O alho é originário da Ásia Central e seu uso na medicina alternativa é conhecido desde o terceiro milênio antes de Cristo, na Índia e antigo Egito.
Logo, como é evidente, seus benefícios são conhecidos a muito tempo, e ainda que tenha feito parte de crenças populares que foram transmitidas de geração em geração, muitas pesquisas científicas puderam comprovar que suas famosas propriedades são reais e eficazes.
Estudos científicos recentes demonstraram que o consumo regular do alho elimina as bactérias de nosso organismo e que, além disso, o alho é benéfico quando o assunto são bactérias e micro-organismos nocivos, por ser um poderoso antibiótico natural.

O alho é um antibiótico natural extremamente eficaz à nossa saúde. Ele é um antimicrobiano com efeitos benéficos ao coração e circulação, além de possuir propriedades antissépticas, diuréticas e de combate à febre.

Ele ajuda, por exemplo, a evitar resfriados e na evolução da arteriosclerose. Por isso, é indicado nas afecções catarrais agudas e crônicas, como as bronquites que dificultam a respiração, tuberculose e pneumonia. Se o alho for preparado sob a forma de essência, também ajuda a aliviar os estados asmáticos e funciona como depurativo do sangue. As aplicações de preparados à base de alho estimulam o crescimento dos cabelos.

Quem come até dois dentes de alho por dia está no caminho certo para usufruir tudo o que ele tem de melhor. Olha só alguns de seus efeitos benéficos:

  •  A alicina, presente no alho, ajuda a promover a perda de peso.
  •  Outro benefício da alicina é a redução da pressão arterial.
  •  Altamente indicado para quem tem colesterol alto: o alho reduz o colesterol LDL (ruim) e aumenta o colesterol HDL (bom).
  •  Um composto no alho chamado ajoene é um antioxidante natural, além de ter propriedade anticoagulação. Ou seja, previne doenças cardiovasculares e cerebrovasculares.
  •  Ajoene também ajuda a impedir que o câncer de pele seja propagado.
  •  Contém propriedades antivirais e antibacterianas, bem como vitamina C. Ou seja, ajuda a prevenir gripes e resfriados.
  •  Reduz a inflamação e dor no corpo, sendo muito benéfico para pessoas com osteoartrite e artrite reumatóide.
  •  Combate os germes que causam a tuberculose.
  •  Os compostos do alho previnem o câncer de próstata.
  •  Diminui os fatores que provocam úlceras e câncer no estômago.
  •  É uma excelente fonte de vitamina B6.
  •  Age como antifúngico, ajudando no tratamento de doenças pé de atleta.
  •  Combate os radicais livres.
  •  Ajuda na proteção contra o câncer do cólon, por conter selênio e vitamina C.
  •  Um componente do alho chamado dialil dissulfeto pode matar as células da leucemia.
  •  Contribui no combate e tratamento do diabetes e complicações como retinopatia, doença renal, doença cardiovascular e neuropatia.

Veja como consumir o Alho:

healthy breakfast in hotel on table

Para preservar o que o alho tem de melhor, ele não deve ser aquecido. Se possível, opte por ele cru, amassado no pão, triturado no molho ou na maionese. Quando ele é cozido, frito, refogado, ele perde um pouco das propriedades, mas continua sendo benéfico. Além do mais, o alho frito é uma delícia!

Outra forma de ingerir o alho cru e aproveitar seus benefícios é preparar uma água de alho: esmague um dente de alho e coloque 200 ml de água. Deixar descansar por algumas horas, e tome uns golinhos da água durante o dia.

O alho pode ser usado para reforçar o sistema imunológico, mas o ideal é ter a orientação de um especialista. O excesso também é contraindicado para quem já toma anticoagulantes e para quem tem problemas gastrointestinais com alho. As gestantes não devem comer em excesso, assim como pessoas que passarão por cirurgias.

É sempre importante saber das propriedades e benefícios que os alimentos trazem para a nossa saúde. Mas atenção, mesmo o alho tendo todos esses benefícios e propriedades medicinais, se você sentr qualquer sintoma estranho, é importante procurar um nutricionista pois você pode ter algum tipo de intolerância. Nada de se “automedicar com alho” e esperar milagres!

Fonte:www.tuasaude.com

1 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *